SINDCONSTRUCIVIL – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil, Construção Pesada-Infraestrutura, Mobiliário, Artefatos de Cimento, Obras de Arte, Instalações Elétricas, Montagens e Manutenções Industriais, Construção e Manutenção de Rodovias, Ferrovias e Engenharia Consultiva

Ouça nossa rádio

Trabalhadores da Zortea Construções LTDA paralisam suas atividades por melhores condições de trabalho

Na manhã de segunda-feira, dia 20/01, trabalhadores da Zortea Construções LTDA., empresa que atua na construção de armazéns portuários na área do Porto do Itaqui, a 11km do centro de São Luis, cruzaram os braços reivindicando melhores condições de trabalho. Os operários insatisfeitos, acionaram o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luis-Ma, que esteve no canteiro de obras para conversar e intermediar as negociações entre operários e patrões.
Os funcionários da Zortea fizeram uma lista com 22 reivindicações que foi discutida com representantes da empresa em uma reunião que contou com a participação do Presidente do SINDCONSTRUCIVIL ,Humberto França Mendes e os diretores Jorge Mendes e Lauro dos Inocentes.
Entre as reivindicações propostas pelos trabalhadores estão: a melhoria na alimentação servida no almoço e café da manhã, higienização dos banheiros e bebedouros, mudança no plano de sáude e 30% de adicional de periculosidade entre outras.

Orientado pelo SINDCONSTRUCIVIL a seguir a lei que pede um prazo de 72 horas, a partir da entrega do ofício com a pauta de reivindicações à empresa, para qualquer tipo de paralisação caso as mesmas não sejam cumpridas, os trabalhadores da Zortea Construções LTDA decidiram após reunião, retornar ao trabalho e esperar até segunda-feira por uma resposta da direção da empresa, situada em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.
 Os traballhadores afirmaram que caso a pauta de reivindicações não seja atendidada voltam a cruzar os braços por tempo indeterminado até que uma solução seja apresentada.

Clique aqui para ver mais fotos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =