BARREIRINHAS

No dia 17 de Setembro o Sindconstrucivil-MA esteve em Barreirinhas na obra de um grande prédio comercial feito pela empresa do Sr. Dalton Hugolino Arruda de Sousa. Nome fantasia: CONSTRUTORA ARRUDA. CNPJ: 08.549.799.0001-81 com escritório em São Mateus do Maranhão.

 

Esta obra já foi fiscalizada anteriormente e autuada pelo Ministério do Trabalho, porém, continua irregular. Os antigos trabalhadores foram demitidos e contratados outros em seus lugares. Eles estão: Sem registro na Carteira de Trabalho e Previdência Social e sem Equipamentos de Proteção Individual adequados.

 

A empresa foi notificada e caso não cumpra com a notificação, será encaminhado um novo ofício ao Ministério do Trabalho. Nesta obra todos os trabalhadores foram sindicalizados.

 

 

PORTO DE AREIA (MA034)

No dia 18 em Porto de Areia na MA 034 que liga Tutóia a Cana Brava está a Empresa Alves Silveira Empreendimentos/SCPII.

 

Os trabalhadores estão em péssimas condições de trabalho: Sem registro nas Carteiras de Trabalho e Previdência Social, sem Equipamentos de Proteção Individual adequados, no canteiro não há sanitários e nem bebedouros.

 

O escritório da empresa fica em São Luís no bairro do Renascença onde receberá a notificação do Sindicato. Caso a empresa não cumpra, as devidas providências serão tomadas junto ao Ministério do Trabalho e Emprego e a Justiça.

 

 

POVOADO COMUM (TUTÓIA)

Ainda no dia 18 foi fiscalizado outro conjunto de Residências feito pela Empresa Daniel Construções (Vieira e Vieira Ltda.) CNPJ: 20.622.444.001-76. Esta empresa é registrada como Depósito de Material de Construções. Porém, opera como construtora e está se aproveitando irregularmente da mão de obra dos trabalhadores. Nesta obra as Carteiras de Trabalho e Previdência Social dos operários não estão assinadas, não possuem Equipamentos de Proteção Individual adequados, não há sanitários e nem bebedouros no canteiro.

 

O Sindicato vai notificar a empresa e tomar as devidas providências junto aos órgãos competentes para defender os direitos dos trabalhadores. Nesta obra a maioria dos trabalhadores foram sindicalizados e estes serão representados pelo Sindicato.

 

 

PAULINO NEVES

Ainda no dia 18 o Sindconstrucivil-MA esteve com os trabalhadores da Empresa Caramuru Construções. Esta empresa está construindo Subestações de Energia e Linhas de Transmissão. No entendimento do Sindicato este serviço é da Categoria da Construção Pesada, no entanto, os operários recebem como Construção Civil.

 

Será marcado um dia para o Sindicato conversar melhor com estes trabalhadores e sindicalizar todos eles. Será exigido também que os trabalhadores recebam os pisos da Categoria da Construção Pesada, pois a empresa que estava com o contrato anterior da obra, a Construtora Perimetral pagava o piso da Construção Pesada aos seus operários.

 

Também foi fiscalizada a Empresa Pavitec Construtora onde os trabalhadores estão avulsos. Esta empresa deu baixa nas CTPS dos seus funcionários e os recontratou de forma irregular, indenizando eles apenas por 3 meses. Esta prática é errada para com os trabalhadores. Esta empresa também será notificada e se não cumprir com a mesma será encaminhada ao Ministério do Trabalho. A maioria dos trabalhadores da Pavitec foram sindicalizados.