Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Ouça nossa rádio

Representantes da empresa Queiroz Galvão, a comissão dos trabalhadores e a diretoria do SINDCONSTRUCIVIL reúnem-se mais uma vez.

 

Na tarde de ontem (12 de agosto) representantes da empresa Queiroz Galvão, a comissão dos trabalhadores e a diretoria do SINDCONSTRUCIVIL estiveram reunidos na Queiroz Galvão dentro da área da VALE para acertarem alguns pontos da pauta de reivindicações dos trabalhadores que já tinham sido discutidos em outras negociações.  

 

Pontos que novamente foram abordados: o pagamento da PLR aos trabalhadores (Participação de Lucros e Resultados) e a melhoria do atual plano de saúde dos trabalhadores (Hapvida).

 

Sobre o pagamento da PLR

A empresa Queiroz Galvão já tinha aceitado pagar a PLR aos trabalhadores, inclusive todos os documentos já tinham sido devidamente assinados e homologados. No entanto, os trabalhadores exigiram que as cláusulas do documento envolvendo a forma de pagamento fossem mais claras e a divulgação desse procedimento aos mesmos, mais efetiva.

 

De comum acordo, todas as partes aceitaram rever o documento da PLR adicionando cláusulas para que fique claro aos trabalhadores as condições para se receber o pagamento da PLR e também como esse pagamento será realizado. A empresa Queiroz Galvão se comprometeu em formalizar novamente o documento da PLR junto ao SINDCONSTRUCIVIL e o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) já com os aditivos realizados e manter os trabalhadores informados, divulgando a eles todo o processo.

 

Sobre as melhorias do Plano de Saúde

Os trabalhadores afirmam que o atendimento do atual plano é insatisfatório e por esse motivo, gostariam de trocá-lo por outro melhor. Segundo representantes da Queiroz Galvão, o atual plano de saúde é nacional, atendendo toda a empresa, não somente no Maranhão. E por essa razão, seria impossível no momento trocar o atual plano de saúde. Porém, prometeu fiscalizá-lo para fornecer um atendimento de qualidade aos trabalhadores.

 

Não sendo possível a troca do plano de saúde, os trabalhadores sugeriram a inclusão de seus dependentes no mesmo (familiares) uma vez que o atual plano só atende o próprio colaborador da empresa. A sugestão foi no intuito de resolver a questão. Os representantes da empresa Queiroz Galvão prometeram analisar a situação e fornecer retorno o quanto antes aos trabalhadores sobre tal possibiliade.

 

Tendo sido todos os pontos discutidos, o SINDCONSTRUCIVIL parabenizou a comissão de trabalhadores que souberam se organizar e negociar dentro legalidade das leis trabalhistas e parabenizou também a empresa Queiroz Galvão que soube ouvir seus trabalhadores mais uma vez a fim de estabelecer uma relação saudável entre ambas as partes.

 

Membro da comissão de trabalhadores se expressando durante a reunião

 

Diretoria do SINDCONSTRUCIVIL atenta durante as negociações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × um =