SINDCONSTRUCIVIL – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil, Construção Pesada-Infraestrutura, Mobiliário, Artefatos de Cimento, Obras de Arte, Instalações Elétricas, Montagens e Manutenções Industriais, Construção e Manutenção de Rodovias, Ferrovias e Engenharia Consultiva

Ouça nossa rádio

Dois trabalhadores morrem no canteiro de obras de ampliação do Supermercado Mix Mateus.

 

Na manhã de hoje (03 de outubro) dois operários faleceram soterrados no canteiro de obras de ampliação do Supermercado Mix Mateus no bairro do João Paulo.

 

A equipe de fiscalização do SINDCONSTRUCIVIL (1º Secretário- Jorge Luís França Mendes e o Diretor Social – Lauro dos Inocentes Filho) esteve no local registrando todas as informações, para tomar as medidas legais e punir os responsáveis pelo o ocorrido.

 

No canteiro de obras atuam duas empresas terceirizadas: a Construjob Engenharia e a RentallForm Construções LTDA. Os trabalhadores que vieram a óbito foram: Elcias Dias Ferreira (32 anos) e Raimundo Silva Lima (47 anos) ambos atuavam como carpinteiros na empresa RentallForm Construções LTDA.

 

Francisco Barbosa Lima é carpinteiro e funcionário da empresa RentallForm Construções LTDA há 1 mês, ele explica que no momento do acidente, estava com outros operários na desforma quando de repente houve o desmoranamento de terra que atingiu os seus companheiros. Ele conta que por pouco não foi atingido, só ficou com alguns ferimentos. Ele também informa que um outro acidente semelhante a este já aconteceu com trabalhadores da empresa Construjob Engenharia no dia 13 de setembro, um operário ficou soterrado e teve que ser resgatado pelo Batalhão do Corpo de Bombeiros. Felizmente não houve mortes.

 

O SINDCONSTRUCIVIL esteve no canteiro de obras no dia 15 de setembro para notificar a empresa, porém, não permitiram a entrada da nossa equipe de fiscalização.

 

Outros órgãos competentes estiveram hoje no local: o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego); CREA -Ma (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão); a Perícia Criminal e a ROTAM (Rondas Táticas Metropolitanas).

 

O Grupo Mateus lamentou o falecimento dos trabalhadores e informou que está sendo realizada uma investigação interna para apurar as verdadeiras causas do acidente.

 

Toda a diretoria do SINDCONSTRUCIVIL se entristece com o ocorrido e também se revolta com o descaso e negligência que muitas empresas vem cometendo aos seus trabalhadores.  A diretoria estende apoio aos familiares das vítimas e assegura aos trabalhadores da construção civil, fiscalização e  trabalho nos canteiros de obras do nosso estado para evitar que fatalidades como estas continuem acontecendo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =