Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Ouça nossa rádio

Setor industrial do Maranhão registra perdas no início deste ano

 

O setor industrial do estado do Maranhão tem passado por diversas perdas nesses dois primeiros meses de 2015. Segundo o  presidente, Edilson Baldes das Neves, da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), um  dos maiores problemas enfrentados são os aumentos nos tributos e nas taxas de juros, na energia elétrica e o elevado preço do petróleo. “ Houveram algumas elevações em nossos custos principalmente tributários,  o número de consumidores está caindo. Não podemos implantar acréscimos em valores, pois assim perderíamos clientes” , afirma o presidente da FIEMA.  

 

Para Edilson Neves, os danos causados pela greve dos caminhoneiros que iniciou semana passada, só terá um balanço preciso nos próximos dias, porque boa parte da matéria-prima trazida para o Maranhão, vem das regiões Sul e Sudeste do país. “Somos um dos maiores importadores do país e apesar disso, não temos plena noção de quanto  foi grave foi a  greve dos caminhoneiros afetou o ramo de logística e transporte, se afetou em algo acredito que tenha sido de maneira indireta”, pontua.

 

Devido a alta nas taxas e tributos que são pagos, está havendo uma perda no sentido de competitividade, pois todas as empresas têm aumentado seus valores. “ Essa preocupação não está sendo gerada somente na indústria maranhense e sim em todo o país, está havendo um aumento no custo e uma queda de consumidor”, finaliza o presidente da FIEMA.

 

Fonte:Imparcial.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + treze =