Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Ouça nossa rádio

Custo da Cesta Básica aumenta em 7% na capital maranhense

 

Custo da Cesta Básica aumentou em todas as cidades desde janeiro de 2016. A capital maranhense teve um aumento de 7%, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) que fez um levantamento do preço do conjunto básico de bens alimentícios em todas as capitais brasileiras.

O valor da cesta em dezembro do ano passado, em São Luís, custava R$ 327,49, em janeiro deste ano chegou a R$ 351,17.

Em janeiro de 2016, houve aumento no preço do conjunto de bens alimentícios básicos em todas as capitais onde se realiza a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos. As maiores altas ocorreram em Goiânia (15,75%), Aracaju (14,71%), Palmas (14,24%) e Brasília (13,32%). O menor aumento foi registrado em Curitiba (1,71%). A capital com maior custo da cesta básica foi Brasília (R$ 451,76), seguida de São Paulo (R$ 448,31), Rio de Janeiro (R$ 448,06) e Vitória (438,42).

 

Tabela - Cesta Básica -
 

Em São Luís houve aumento considerado no preço do feijão. O preço do tomate subiu também, e a única exceção foi Porto Alegre (-0,60%). Os maiores aumentos foram anotados em Vitória (92,93%), Belo Horizonte (84,86%), Rio de Janeiro (77,94%), Palmas (66,80%) e Rio Branco (60,88%). As fortes chuvas diminuíram a oferta de tomate, elevando o preço.

Teve alta no óleo de soja em São Luís, exceto Macapá (-0,80%). As variações oscilaram entre 0,27%, em Belém e 13,24%, em Goiânia. Ainda foi verificado aumento do açúcar em 24 das 27 capitais pesquisadas.

 

Fonte: Imparcial.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + dezenove =