Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Ouça nossa rádio

Governo orienta população para o combate ao Aedes

Resultado de imagem para aedes Divulgação

 

As medidas de prevenção para evitar a proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela, devem ser adotadas pela população em casa durante todo o ano. Contudo, nesta época do ano, as iniciativas de prevenção devem ser reforçadas, uma vez que as altas temperaturas e as chuvas facilitam a proliferação. O Governo do Estado recomenda aos maranhenses que vistoriem suas casas para acabar com possíveis criadouros do mosquito.

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com os municípios, tem reforçado as ações de combate ao Aedes, com a busca ativa feita pelos agentes de controle de endemias e uso de carros fumacê. Porém, a população é parte importante desse processo, afirma superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, Maria das Graças Lírio.

 

15 minutos semanais para eliminar possíveis criadouros do Aedes: 

 

 Elimine recipientes que possam acumular água parada e servir como criadouro do mosquito. Latas, garrafas, embalagens de presentes, lata de sardinha e qualquer recipiente que possa acumular água parada pode se tornar um criadouro.

 

 Verifique se a caixa d’água ou cisterna estão vedadas. Pequenas brechas em tampas, lonas ou tábuas podem permitir a passagem do mosquito fêmea.

 

 Mantenha calhas limpas, pneus sem água e em lugares cobertos, garrafas e baldes vazios e com a boca virada para baixo. Essas e outras pequenas ações que podem evitar o nascimento do mosquito.

 

– Lave recipientes, como tanques e bebedouros de animais, com água e sabão utilizando uma bucha. Os ovos do mosquito podem ficar aderidos às laterais internas e externas dos recipientes por até um ano sem água. Se durante este período os ovos entrarem em contato com água, o ciclo evolutivo recomeça.

 

Vistoria: 

  • Vasos de plantas, pratos/pingadeira;
  • Caixas d’água/cisternas;
  • Comedouro/bebedouro de animais;
  • Piscina desmontável e fixa;
  • Latas/frascos/garrafas;
  • Baldes/regadores;
  • Bandeja de geladeira ou ar-condicionado;
  • Material de construção;
  • Lajes, ralos, calhas, lonas;
  • Vaso sanitário/caixa de descarga
  • Peças/sucatas de carros;
  • Criadouros naturais, como bromélias, oco de árvore e bambu.

 

Fonte: Suacidade.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =