SINDCONSTRUCIVIL – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil, Construção Pesada-Infraestrutura, Mobiliário, Artefatos de Cimento, Obras de Arte, Instalações Elétricas, Montagens e Manutenções Industriais, Construção e Manutenção de Rodovias, Ferrovias e Engenharia Consultiva

Ouça nossa rádio

Trabalhadores da K2 Engenharia protestam por sálários em dia

 

Na manhã desta terça-feira (21 de outubro) a equipe de fiscalização do SINDCONSTRUCIVIL – Secretário Jorge Luís França Mendes e Diretor Social Lauro dos Inocentes Filho – esteve na Estrada da Maioba nas obras do Condomínio Residencial Maraville, administrada pela Construtora K2 Engenharia.

 

Os trabalhadores cruzaram os braços e estão com suas atividades paralisadas desde o dia 10 de outubro, pois alegam que estão com os salários atrasados há mais de 16 dias e o vale transporte não é creditado regularmente. Pela Lei, os vencimentos do mês de setembro deveriam ter caído até o quinto dia útil do mês de outubro, o que segundo eles, não aconteceu.

 

O trabalhador Ubiracy Silva que é operador de guincho e presidente da CIPA na empresa K2 Engenharia, é um dos operários que estão parados. Ele denuncia que a empresa deposita a quantia de R$ 29,00 no cartão de Vale Transporte que não dá para muitos dias, repetindo o valor assim que o crédito acaba. Segundo Ubiracy, essa medida prejudica a ida do trabalhador para a empresa e a vinda dele para casa, fazendo com que vários operários arrajem qualquer meio de transporte para poder chegar ao  seu local de trabalho, como é o exemplo da  bicicleta.

 

O engenheiro encarregado da obra, alegou à equipe de fiscalização do SINDCONSTRUCIVIL que o pagamento atrasado dos trabalhadores seria pago ainda hoje. Caso isso não aconteça, o SINDCONSTRUCIVIL tomará as medidas legais para punir os responsáveis pela empresa que está descumprindo um direito dos trabalhadores, o pagamento de seus salários em dia.

 

OBS: Segundo informações dos próprios trabalhadores, a empresa K2 Engenharia já pagou os trabalhadores que possuem conta salário no dia 21.10.2014 (dia do protesto). A empresa pagou também os trabalhadores que não tem conta salário na tarde do dia 22.10.2014, mesma data que também iniciou o pagamento do adicional da produção de todos os trabalhadores.

 

Trabalhadores de braços cruzados protestando.

 

A imprensa também esteve no local.

 

Diretor Social Lauro dos Inocentes Filhos distribuíndo informativos do SINDCONSTRUCIVIL.

 

Muitos trabalhadores estavam no protesto.

 

Trabalhadores recebendo esclarecimentos do SINDCONSTRUCIVIL.

 

Secretário Jorge Luís França Mendes conversando com o engenheiro responsável pela obra.

 

Flagrante de algumas bicicletas. Condução de vários trabalhadores que estão sem o Vale Transporte.

 

Trabalhador fazendo uso de sua bicicleta como meio de transporte para ir ao trabalho.

 

Parte do Condominio Maraville em fase de acabamento.

 

Placa de identificação da obra.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − quinze =