Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Ouça nossa rádio

Famílias vivem nova realidade nas casas entregues por programa social

Famílias vivem uma nova realidade nas casas entregues por meio de programa social

 

Famílias contempladas com unidades habitacionais do Residencial Amendoeiras IV, entregues recentemente pela Prefeitura de São Luís, já estão usufruindo da casa própria, que para muitos, como é o caso da aposentada Eugênia do Nascimento Raposo, era o sonho de uma vida. "Agora, com 72 anos, posso dizer que moro no que é meu. Foram muitos anos de aluguel, mudando de uma casa para outra. Agora sei que vou viver o resto da minha vida aqui", disse feliz.

A aposentada Eugênia do Nascimento conta que a vida está bem melhor. "Tenho um filho e um neto que são especiais. Quando a gente morava no Coroadinho eles viviam dentro de casa, porque tinha medo deles irem para rua, era muito perigoso. Aqui, graças a Deus, é bem tranquilo eles saem e ficam na porta de casa e andando pela rua, sem problema. Estão bem mais tranquilos agora", conta sentada na porta de casa.
A entrega das unidades do Amendoeira IV foi feita pela Prefeitura de São Luís e beneficiou 300 famílias. Em parceria com o governo federal, a Prefeitura de São Luís já realizou a entrega de mais de 8 mil habitações do programa "Minha Casa Minha Vida". Esta é a última etapa de entrega do empreendimento, que, somadas às etapas I, II e III, totaliza 1.600 casas entregues.
"A entrega de mais 1.600 chaves das unidades habitacionais do Residencial Amendoeira cumpre uma importante etapa do compromisso assumido na nossa gestão: garantir moradia de qualidade para população. Adquirir a casa própria é o grande sonho de toda família, e nós ficamos sempre muito felizes em participar da concretização desse objetivo", disse Edivaldo.
De casa nova
Cada unidade habitacional possui dois quartos, sala, cozinha e banheiro. "Esse é um grande benefício da Prefeitura para as famílias de baixa renda. Não digo nunca, porque temos sempre a esperança de conseguir, mas iria demorar ainda muitos anos para ter uma casa como essa, se fosse para comprar com o dinheiro que ganhamos", disse Luciane Maria Pereira, que na última semana estava com seu companheiro, Marivaldo Martins, fazendo a mudança da família. Na casa, segundo informou, vão morar ela, o marido e mais três filhos.
"Nossa renda é de R$ 800. O aluguel custava R$ 400. Agora o dinheiro vai servir para outras despesas de casa e para colocar crédito na carteira dos meus filhos. Aqui também vivemos melhor, nossos filhos têm mais liberdade", completou.
 
Fonte: Imparcial.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =