SINDCONSTRUCIVIL – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil, Construção Pesada-Infraestrutura, Mobiliário, Artefatos de Cimento, Obras de Arte, Instalações Elétricas, Montagens e Manutenções Industriais, Construção e Manutenção de Rodovias, Ferrovias e Engenharia Consultiva

Ouça nossa rádio

SINDCONSTRUCIVIL visita trabalhadores em obra no bairro Cruzeiro de Santa Bárbara

 

Mais uma obra com trabalhadores em situação irregular foi flagrada em São Luís. Desta vez, a obra é o Residencial Nova Jerusalé, localizada no bairro Cruzeiro de Santa Bárbara. O Presidente do Sindconstrucivil, Humberto França Mendes e o Diretor do Departamento de Esportes e Lazer, Lauro dos Inocentes Filho, estiveram com os trabalhadores e identificaram uma situação caótica, semelhante a regime de trabalho escravo.

Os trabalhadores que informaram que prestam serviço para a empresa Oliveira Construtora Incorporadora Ltda., não são assistidos por praticamente, nenhum direito presente na CLT (Consolidação das Leis do Trabalhadores).  Os operários estão com salários atrasados; Não possuem EPIs (Equipamento de Segurança Individual); Não recebem refeição; Não recebem Vale Transporte; Não têm registro nas Carteiras de Trabalho, Não possuem condições de trabalho dignas com banheiros e refeitórios, Não recebem o piso salarial da categoria conforme CCT.

 

O Presidente do Sindicato recolheu os dados de todos os trabalhadores, que contabilizaram 50 operários, que estavam presente no momento, e entrará com uma medida emergencial junto ao Ministério do Trabalho e Emprego para punir imediatamente a empresa responsável e regularizar a situação de todos os trabalhadores. Uma notificação do SINDCONSTRUCIVIL foi deixada na obra.

 

O Residencial Nova Jerusalém é uma obra, onde dezenas de casas populares estão sendo construídas para serem entregues aos seus compradores que não têm nem previsão de quando receberão.

 

Confira mais imagens na Galeria de Fotos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − catorze =