Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Ouça nossa rádio

SINDCONSTRUCIVIL-MA vai a Timon para impedir criação de sindicato irregular

 

O Sindconstrucivil-MA e uma grande comitiva de trabalhadores da Indústria de Montagens Industriais, inclusive de sua extensão de base ( Timon, Açailândia, Alto Alegre, Zé Doca, Cururupu) junto com a Feticema e NCST-MA deslocaram-se até a cidade de Timon, a 428 Km de São Luís para averiguar uma suposta assembleia para desmembramento da categoria e fundação de falsos sindicatos naquela cidade, segundo edital de publicado no Diário Oficial da União. O Sindconstrucivil-MA está respaldado por sua assessoria jurídica para impedir esses falsos sindicatos que querem apenas enfraquecer e desorganizar o movimento dos trabalhadores.

 

A Comissão Pró-Fundação do Sindicato dos Trabalhadores em Montagem e Manutenção Industrial em Geral do Estado do Maranhão – SITRAMONTI-MA presidida pelo Sr. John Erick Gomes de Oliveira, além de fundar o sindicato irregular, realizaria a discussão e aprovação do Estatuto Social e eleição da diretoria e conselho fiscal.

 

A suposta assembleia estava marcada para acontecer na Rua Profº Mendes, Nº 550 – Parque União em Timon (Fundação Cidadania). A comitiva do Sindconstrucivil-MA, Feticema e NCST-MA foi impedida de entrar no local e após certo tumulto, a assembleia acabou não acontecendo.

 

A Polícia Civil do Estado do Amazonas acabou prendendo uma quadrilha especializada em extorquir os trabalhadores de Montagens Industriais que criou esta comissão ainda em processo de legalização desta associação de classe mas sem nenhum vínculo a qualquer entidade sindical e portanto sem legitimidade para atuar. Os trabalhadores desempregados eram iludidos com falsas promessas de emprego quando na verdade apenas trabalhadores de interesse do grupo por conta de extorsão com as empresas conseguiam contrato.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 5 =