Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Ouça nossa rádio

Empresa Techint Engenharia esclarece sobre questão de mão de obra local

 

Foi realizada na sede do Sindconstrucivil-MA, reunião com a participação do Sindicato dos Trabalhadores da Construção de Codó, Feticema, Secretaria de Trabalho e Economia Solidária, Secretaria de Indústria, Comércio e Energia, Comissão de Trabalhadores e representantes da empresa Techint Engenharia e Construções S/A, que presta serviço a Eneva na obra de construção de termelétrica no município de Santo Antonio dos Lopes, distante 297 KM de São Luís.

 

 

Conforme pleiteada pelo Sindconstrucivil-MA junto a Comissão de Trabalhadores, que representa uma grande parte dos trabalhadores desempregados no estado, o objetivo do encontro foi ouvir esclarecimentos da empresa Techint sobre a questão da conratação de mão de obra local (percentual mínimo de 70%) no seu empreendimento, que supostamente não vinha sendo cumprida de acordo com a CCT da categoria e a Lei Estadual Nº 10.789.

 

A Techint esclareceu que cumpre as normas convencionadas e respeita a legislação na contatação de mão de obra local e cidades circunvizinhas e que o processo de contratação ocorre de forma sazonal com períodos de maior ou menos aquisição de mão de obra. A Techint se apresentou como filiada ao Sinicon (Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada) e disse que no primeiro momento, as contratações foram na área da Construção Civil e que na área Eletromecânica, ocorrerá em uma outra etapa.

 

Outro ponto abordado foi a participação do SINE (Sistema Nacional de Emprego) no processo de contratação como intermediador das contratações. pautas que serão estudadas para possíveis futuras implementações.

 

Trabalhadores

Após a reunião com a empresa Techint, trabalhadores reuniram-se na sede do Sindconstrucivil-MA para ouvir esclarecimentos sobre os pontos abordados e discutidos no encontro.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =