SINDCONSTRUCIVIL – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil, Construção Pesada-Infraestrutura, Mobiliário, Artefatos de Cimento, Obras de Arte, Instalações Elétricas, Montagens e Manutenções Industriais, Construção e Manutenção de Rodovias, Ferrovias e Engenharia Consultiva

Ouça nossa rádio

Reservatório do Batatã continua com baixo nível de água

 

Devido a falta de chuva no fim do ano passado e no começo deste ano o Reservatório do Batatã se encontra vazio. O reservatório é responsável de fornecer água para 100 mil pessoas em suas casas, a seca provocada pela falta de chuvas tem feito com que os moradores se preocupassem com a possível falta de água.

 

Com a estiagem prolongada, a produção  de água no Sistema Sacavém/Batatã se encontra prejudicada. O nível do reservatório chegou a 1% da capacidade de armazenamento, mesmo com a parada no bombeamento em intervalos de 12/12 horas.

 

O diretor de Operação, Manutenção e Atendimento ao Cliente, Nelson Cavalcanti, disse que o problema da diminuição do nível de água no Batatã tem se acentuado ao longo dos últimos anos, devido ao período de seca prolongado e ocupação irregular de áreas da reserva. “Vamos adotar medidas para conter o avanço das ocupações irregulares, acentuadas ao longo dos últimos anos. Isso tem provocado degradação da reserva e assoreamento no leito do reservatório. Com menos profundidade, a água evapora com mais facilidade”, diz Nelson.

 

Para evitar problemas de abastecimento de água, nos mais de 50 bairros atendidos pelo sistema Sacavém/Batatã, a Caema irá investir na recuperação dos sistemas para aumentar a disponibilidade de água, intensificar ações de combate a vazamentos na rede de distribuição e em processos de micromedição.

 

Para que o Batatã continue em operação por mais duas semanas, técnicos da Caema fizeram o corte em uma crista da comporta da barragem para que seja utilizado o volume de água isolado em uma área próxima. “Esse volume de água garantirá o bombeamento de água do Batatã por mais uma semana. Torcemos para que o período chuvoso seja iniciado logo para retomarmos os níveis ideais de produção contínua”, destaca o diretor de operação.

 

O Batatã foi construído em 1964 para atender à toda São Luís durante  25 anos, onde a estimativa da população chegaria a meio milhão de habitantes, servindo cerca de 25 bairros com água potável. Hoje a população atual da capital maranhense é maior que 1.000.000 de habitantes.

 

Fonte:Imparcial.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − um =