Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de São Luís – MA

Ouça nossa rádio

Buracos tomam conta do trecho urbano da BR-135

 

O grande número de buracos na BR-135, no perímetro urbano de São Luís, tem causado revolta em quem precisa entrar ou sair de São Luís. No Km 13, próximo do bairro de Pedrinhas, os condutores que trafegam pela a região dizem que estão cansados de consertar os seus veículos por conta da falta de infraestrutura na estrada.

 

Pelo menos é o que garante o motorista Nivaldo Diniz. Ele diz que está complicado conduzir pelo o local. “A buraqueira está demais. Arruma o carro hoje e manhã já está tudo quebrado. É complicado”, desabafou o motorista.

 

Outro problema encontrado na BR-135 é o pouco espaço para os condutores dirigirem. Devido os buracos, os motoristas são obrigados a usar apenas meia parte da pista. O estudante Denilson Marrone que passa constantemente nas proximidades diz que é uma vergonha a situação precária da estrada. “É uma vergonha logo na entrada de São Luís. A gente fica até um pouco desesperançoso, mas essa é a realidade que nós temos aqui no Maranhão”.

 

Sobre o assunto, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) afirmou que os buracos existentes no Km 13 da BR-135 decorrem do esgoto da Penitenciária de Pedrinhas, que entope e vaza sobre a BR. O Dnit informou que vai aguardar a solução do problema pela Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) e Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), para resolução definitiva. Enquanto isso, serviços paliativos estão sendo feitos visando melhorar a trafegabilidade nesse trecho da rodovia. A Caema disse que a pedido da Sejap passou a fazer emergencialmente o esgotamento das fossas do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, com o objetivo de evitar o vazamento dos dejetos para a BR-135.

 

Fonte: G1-Ma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + dezesseis =